quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

...tenho uma paz inquieta...

"Quando vejo o desperdício, sinto raiva dentro de mim. Eu não aprovo eu mesma sentir raiva. Mas é algo que não se pode evitar de se sentir após vermos a Etiópia."


Madre Teresa
 
 
Seguindo a mesma linha de pensamento de Madre Teresa, sem precisar ir muito longe para ver o desperdício aqui mesmo em nosso país, em nossa cidade e - cuidado - em nossas casas muitas vezes, não só da raiva como também uma inquietação.... inquietação esta de ter que fazer algo, de não aceitar as coisas como estão, mesmo que a fome ou outra injustiça não me atinja diretamente. Mas, penso, se alguém não está bem, como posso eu também estar? Posso ter paz, mas ela é inquieta... e como diz o padre Zezinho, "ela teima em não ficar quieta".
 
Um beijo de paz inquieta no coração de todos... e que contagie =)